A revista Chemistry World, editada pela Royal Society of Chemistry do Reino Unido, decidiu interromper a publicação de seu ranking online no final do ano passado. A classificação listava os mais de 500 pesquisadores da área química que ostentam um índice-5 maior que 55 no currículo.

A decisão da suspensão foi uma resposta às críticas de que o ranking dava ênfase demasiada a um simples indicador de desempenho, não considerava outros aspectos da produção científica e poderia induzir universidades e agências de fomento a tomar decisões simplistas ou equivocadas.

Leia mais sobre o assunto na editoria Política C&T da edição nº 207 da revista Pesquisa Fapespclique aqui

Siga a ABHH @ABHH no Instagram
e utilize a #ABHH