O novo diretor do Departamento de Ciência e Tecnologia (Decit) do Ministério da Saúde, Antonio Carlos Campos de Carvalho, apresentou o panorama dos dez primeiros anos do Programa de Pesquisa para o SUS: Gestão Compartilhada em Saúde (PPSUS), durante o Fórum do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), realizado na capital paulista nos dias 23 e 24 de maio.

Segundo ele, mais de 300 instituições de pesquisa de todo o País foram envolvidas e os projetos contribuíram para a formação de 634 mestres e 333 doutores.

Ainda de acordo com Carvalho, a expectativa é aumentar o aporte de recursos para o fomento à pesquisa e estimular parcerias internacionais em temas prioritários para a saúde da população brasileira. Em sua opinião, o nível de recursos para pesquisa no Ministério da Saúde ainda é insuficiente para a dimensão do SUS e da comunidade acadêmica que trabalha nessa área.

Siga a ABHH @ABHH no Instagram
e utilize a #ABHH