Com o compromisso de incentivar a pesquisa, divulgação e estudos científicos em síndromes mielodisplásicas, o Comitê de SMD da ABHH vem colaborando com a elaboração da programação científica do congresso anual da especialidade, o Hemo, além de promover eventos educativos periodicamente, como o Encontro do Comitê de SMD da ABHH.

A segunda edição deste evento será realizada no Hotel Pullman São Paulo Ibirapuera, entre os dias 2 e 3 de agosto, e abordará o diagnóstico e tratamento da SMD com ênfase nos novos conhecimentos. O programa científico contempla atualização sobre diagnóstico, patogênese, classificação, estratificação de risco, novos marcadores moleculares e opções terapêuticas, além de manuseio da hemossiderose transfusional.

Segundo a vice-diretora de Comunicação da ABHH e coordenadora do encontro, Silvia M. M. Magalhães, muitos avanços foram alcançados desde a realização da primeira edição, sobretudo em relação às novas alterações moleculares. “Nos últimos dois anos, passamos a compreender muito mais a heterogeneidade da SMD e a classificar seu prognóstico com mais acuracidade, apesar de não termos tido aprovação de novas drogasdurante esse período.”

Ainda de acordo com Silvia, os especialistas brasileiros já possuem conhecimento sobre o impacto das alterações moleculares descritas na sobrevida dos pacientes. ”O grande desafio hoje é trazer os testes moleculares para a prática clínica brasileira”, afirma. As inscrições online para o II Encontro do Comitê de SMD da ABHH estarão disponíveis no site http://abhheventos.com.br/smd2013/ até o dia 15 de julho. Inscreva-se!

Siga a ABHH @ABHH no Instagram
e utilize a #ABHH